FITIASP participa de ato das centrais sindicais em prol da diminuição da taxa de juros

Hoje (14) foi realizada uma manifestação, em frente à sede do Banco Central, em São Paulo, para cobrar a redução da taxa básica de juros (Taxa Selic). Os sindicalistas levaram ao ato dois carrinhos de pipoca para distribuir aos populares que passaram na região durante o ato como forma de protesto diante de um governo, que segundo as lideranças sindicais, está “pipocando” em buscar soluções aos problemas da economia: juros altos, desemprego, fome, carestia, inflação, preço da gasolina e do diesel. “Mais de 33 milhões de pessoas estão passando fome hoje no Brasil”, “metade das mulheres não sabe o que vai dar para o filho comer amanhã” e “o Brasil produz muitos alimentos e o povo passa fome”, foram fatos citados pelas lideranças na Avenida Paulista. O ato foi realizado justamente no dia em que os membros do Copom (Comitê de Política Econômica) começaram a discutir sobre o aumento na taxa de juros. Vale lembrar que a taxa básica de juros, a Selic, teve 10 aumentos consecutivos e saiu de 2% (em março de 2021) para 12,75% ao ano, maior nível desde 2017. O presidente da FITIASP, Paulão, esteve presente e manifestou sua indignação diante da alta taxa de juros atualmente praticada que, como consequência, faz com que os pobres fiquem ainda mais pobres enquanto uma pequena elite lucra em meio ao caos. As lideranças sindicais foram unanimes ao apontarem que o único caminho para que o Brasil saia da crise e retome o rumo do desenvolvimento, da geração de emprego e, principalmente, tenha políticas que garantam aos brasileiros condições dignas para viver é derrotando nas urnas o atual governo. Juntos somos mais fortes!

Fontes: Radio Peão Brasil e Força Sindical