Patrões do setor de carnes e derivados não se preocupam com seus funcionários


Na última quarta-feira (25), aconteceu a primeira reunião com o setor de carnes e derivados, cuja data base é 1° de abril.

Nossa pauta de reivindicações foi entregue ao patronal no dia 22 de fevereiro. Pela data que aconteceu a primeira reunião, pode-se verificar o "respeito" que os patrões têm pelos seus funcionários, ou seja, nenhum.

A discórdia começou pelo desdém do patronal em relação à assinatura da Convenção Coletiva de Trabalho do exercício anterior (2017/2018), pois até hoje não foi assinada. Pelo andar da carruagem a nova Convenção de 2018/2019 seguirá pelo mesmo caminho.

Mostramos para eles que todos os outros setores com quem negociamos, fecharam e assinaram suas Convenções Coletivas e que somente eles se mostraram intransigentes.

Deixamos claro que a qualquer momento podemos abandonar a negociação em nível coletivo e iniciar negociações de acordos individuais com as empresas do setor.

Nesta reunião não houve nenhuma proposta para iniciar as negociações deste ano, ficando certo que estamos no aguardo de uma nova data para a próxima reunião.

Esta é uma negociação em nível estadual, coordenada pela Federação dos Trabalhadores das Indústrias da Alimentação do Estado de São Paulo (FETIASP).


#NegociaçãoEstatual #CarneseDerivados #database #FETIASP

27 visualizações

SEDE

Avenida Celso Garcia, 1588 | Belém | São Paulo - SP

CEP 03014-000 | (11) 3019-3966 | (11) 2618-1422

SUBSEDES

Osasco: Rua Antônio Biscuola, 28 | Centro - SP

CEP 06097-140 | (11) 3682-9501

São Caetano: Rua Amazonas, 430 | Centro - SP

CEP 09520-060 | (11) 4224-6569