• Assessoria de Comunicação

Nestlé faz proposta vergonhosa para reajuste de benefícios e tenta cortar conquistas

No último dia 05, na cidade de Limeira/SP, representantes da empresa Nestlé se reuniram com os sindicatos do Estado de São Paulo que têm unidades da empresa em suas bases.


Todo o processo de negociação é coordenado pela nossa Federação, Fetiasp, que tem como presidente o nosso companheiro Vitor.


A proposta da empresa foi recebida com muita desconfiança, pois além de não fazer menção para reajuste dos salários o INPC não foi garantido. Em resumo eles estão propondo a diminuição de benefícios e conquistas além de ameaçarem não pagar a PLR referente a 2018 caso os sindicatos não atendam seu pedido de implantação, no escuro, de um PPR (Programa de Participação de Resultados).


Nós, como representantes dos trabalhadores, entendemos isso como uma afronta e proposta de guerra, que se a empresa tiver disposta a mantê-la vamos encarar com nossas armas.


Foi marcada uma outra reunião que deverá ocorrer ainda este mês e enquanto ela não chega, nós, os sindicatos envolvidos, estaremos realizando assembleias com os trabalhadores e preparando os caminhos para uma paralisação caso a empresa não reveja suas propostas e traga para a mesa de negociação algo digno para ser avaliado.

Nesta última sexta-feira (09) foram realizadas assembleias na unidade CD da Nestlé, unidade São Bernardo do Campo/SP.

Os dirigentes Abel, Toninho da Pan, Goreth e Rubens conduziram as assembleias e contaram com o apoio do companheiro Edson.